3 de março de 2008

Cerveja, ate quando?

Ola amigos!

Hoje falarei um pouco sobre algo que tem me intrigado.

Ontem estava no supermercado e fiquei intrigado com a quantidade de bebidas alcoolicas que estavam sendo vendidas.

Inúmeras garrafas de vinho que tomavam um espaço significativo dentro do supermercado, e claro, a cerveja.

Então parei pra pensar.

Como as pessoas de hoje devem estar bebendo, e quantas devem ser alcoólicas, isso me deixou muito preocupado e pensei numa solução para um problema tão difícil.

Com certeza o maior culpado disso são as propagandas de cerveja que fazem uma lavagem cerebral no povo, colocando gostosas para fazer a propaganda e se passando uma idéia que mulher, praia, bikini e coisas boas da vida combinam com cerveja.

Até a própria Juliana Paes que é uma atriz de renome e que se diz uma religiosa entra nessa máfia! E ainda nos seus comerciais ela menospreza os homens que não bebem a “boa”, que na verdade, pra mim é a “merda”!

Ate o nosso grande ator Wagner Moura, que fez um filme que combate as drogas. Agora está fazendo uma propaganda de cerveja que é uma outra droga. Veja quanta hipocrisia!

Bom meus amigos, solucionar esse problema é algo muito complexo, mas melhoraria 50% e impediria que novas pessoas entrassem nesse vicio se fossem proibidas as propagandas de cerveja.

3 Comentarios:

André Luiz Velloso disse...

faca de dois gumes hein ow...
ia surgi o tráfico de cerveja =P
a soluçao é a raça humana ser exterminada logo

Verrückt disse...

ELe quis dizer parar de fazer propaganda, não proibir a venda

Senhor_do_Infinito disse...

proibir venda ia gera contra bando melhor deixar vender