30 de dezembro de 2008

Nonsense ao Extremo

Juro que só estou postando esse video por sua explicação primorosa, simples e concisa.



Quando Che anuncia em idioma ininteligível a futura conquista irrestrita do Planeta Terra pela entidade Trilöbit, General Urkö (apebass) antecipa o balanço de "Sexy Groove Machine" com o indefectível passo a la Jackson em tempos áureos. Assim como as fitas de vídeo enviadas por milícias de desertores islâmicos à rede de TV Al Jazeera, o primeiro clipe da Trilöbit é um atentado aos bons costumes. Em meio a figuras disformes e mensagens subliminares, os tripulantes a bordo da nave Milleniun Falcon nos demonstram que ícones e líderes mundiais na realidade são, assim como a Trilöbit, seres alienígenas com os mesmos propósitos escusos de dominação. "Sexy Groove Machine" dispensa legendas ou o auxílio de qualquer letra para a sua compreensão. É uma metáfora imagética do caos vivido em início de século XXI. Os samplers e beats ensandecidos de Animau Gönzález (bateria) unidos à pulsação rítmica de guitarras funkeadas calcam o que muitos já definiram como electro rock. Em outras palavras: a deturpação extrema do que outrora era considerado chocante quando o Rei, também presente no clipe, decidiu pôr a pélvis para fazer os primeiros trabalhos de abdução já registrados pelas entidades de pesquisas aeroespaciais. Produzido pelo cartunista londrinense Sassá, que atende pelo pseudônimo Nösferatus (guitarra dissônica), e deve ser a primeira música de trabalho do CD de estréia da Trilöbit, intitulado "TUTORIAL".
Por critério do dono deste blog tal post não será relacionado na categoria Música.

1 Comentarios:

sassá (Nosferatus) disse...

uahuhauhauhuahua!
valeu mano!