9 de setembro de 2009

2012 Está Próximo

Lula dá aula de gramática para Tarso

quarta-feira, 9 de setembro de 2009 | 15:48

Leio que, ontem, na reunião da coordenação política do governo, o ministro Tarso Genro lascou um “interviu”. Lula o corrigiu: “Tarso, é interveio”. Diante da estupefação do outro, emendou compreensivo: “Muita gente fala ‘interviu’, mas é interveio”.

A que ponto chegamos, não?

Já escrevi aqui, algumas vezes, para protesto de muitos, que Lula é um dos políticos mais inteligentes do Brasil - inteligência e ignorância são coisas que podem conviver. Se o presidente não fosse, do ponto de vista intelectual, um tanto arrogante e preguiçoso, seria um homem culto também.

Mas e Tarso, hein?

“Interviu” é coisa de gente que chega ao topo sem a devida formação intelectual. Atenção: político que fala “interviu” até pode ser presidente da República, eleito pelo voto direto. De um líder assim, não se cobra, embora possa ser desejável, que seja exímio usuário da língua. Mas de um ministro da Justiça? Ah, de um ministro da Justiça, a gente exige, sim! A habilidade com a inculta & bela indica intimidade com o estudo das leis.

Só esse pito gramatical já vale uma renúncia.

Por Blog de Reinaldo Azevedo

2012 está próximo e por isso criei está nova categoria que provavelmente esquecerei de atualizar como muitas outras, mas que fique claro, o fim está chegando, tenham medo.

Um abraço para o Lula.

Jefferson Guerra

3 Comentarios:

arizona disse...

Arizona interveio nesta discussão.

PS: Renuncia... irrevogável?

Vinícius Franco disse...

Ah, o Lula então inverviu no discurso do Tarso? (ignorante persistente - piada! :D)

André Luiz Velloso disse...

Lula genio
UAHeiHIEA