21 de janeiro de 2009

Pra Ser Sambista Não Precisa Ser Do Morro!


Pra ser sambista não precisa ser do morro, já dizia Geraldo Filme. Um final de semana desses estive na final da escolha do samba da escola de samba que tem como comunidade o morro do pessoal da rua da minha avó.

Cinco sambas concorreram. Quatro eram do pessoal do morro e um deles era do pessoal do clube onde eu freqüento composto por pessoas do povo como quaisquer uma, mas que não são obrigatoriamente do morro.

No final foi anunciado o samba Campeão que foi do pessoal do clube Canto do Rio na voz de Rico Medeiros (Maior interprete da historia do Salgueiro que está na foto), que diga de passagem um dos 10 maiores cantores de samba de todos os tempos. Uma pena que nossa sociedade não reconhece isso.

Mas é isso pessoal, viva o samba! E todas as camadas sociais e que um dia possamos ser todos iguais perante a sociedade, sem privilégios nem descriminação e que a paz reine sobre a Terra.

Escrito por Sergio Figueiredo

6 Comentarios:

André Luiz Velloso disse...

pode ser selvagem, silvicola, indigena tb ne ow

Jefferson Guerra disse...

Eu tenho que lembrar de separar esses posts por nome de quem posta

Anete Figueiredo disse...

Acho que vc deveria assinar a matéria.
Anete Figueiredo

Anderson disse...

Foi mais ou menos o que quis dizer hiahoa

Jefferson Guerra disse...

Putz, tava logado com outro id =P

Jefferson Guerra disse...

Bom, enquanto nao acho como colocar o nome do user ali embaixo do post e coloco os nomes de quem colabora embaixo