14 de agosto de 2009

Engenherando

Seria um erro? Eu acredito que não. Provavelmente esse poste localizado um metro a direta de onde deveria estar cria uma ilusão de ótica, que o governo russo começou a utilizar para diminuir seus problemas.

Foi feito um teste com motoristas sóbrios, estes quando se aproximavam deste cruzamento viam a sinalização de “proibido conversão a esquerda” e logo iam para as faixas adjacentes. Quando testaram com bêbados estes aceleravam e acertavam em cheio o poste. Não sabiam o motivo, talvez os postes comecem a falar quando a porcentagem de álcool no sangue estivesse elevado, principalmente postes amarelos.

Então os cientistas passaram seus dados para o governo, este revoltado com as reclamações de “lei seca é o caralho, quero beber whisky e dirigir meu Lada” (combinação altamente perigosa, isto se o carro pegar no tranco), “queremos postes amarelos” e “peixes verdes acabaram com minha plantação de soja” resolveu reposicionar os semáforos um metro a direita e pinta-los de amarelo. Resolvendo assim 3 problemas ao mesmo tempo, matavam os motoristas bêbados, ou seja, acabavam com pessoas poderosas que poderiam tomar o poder e enxiam o saco, além de deixas os outros motoristas tranquilos, pois saberiam que seu carro sem portas, enferrujado e toda sua família (Duas avós, três esposas, cinco filhos, duas caronas , cinco garrafas de whisky e um gato) não seriam atingidos e podiam vender pro ferro velho o carro retorcido (ninguém é louco de comprar um Lada) e também agradavam a seita dos postes amarelos.

Jefferson Guerra

2 Comentarios:

Vascão disse...

nossa quanta cachaça este povo toma uhauahau

Vinícius Franco disse...

Que nada, aposto que o poste chegou primeiro. Nego que colocou aquela divisória da rua ali no lugar errado ehusuhushuhae